Como organizar as finanças – Parte II

Spread the love

 

 

Como organizar sua vida financeira antes das férias

 

Como organizar as finanças – Parte II
5 (100%) 1 vote

 

Na semana passada informei que iria dividir em séries os posts: Como organizar as finanças  – eu fiz isto, pois cada um de nós vivemos momentos diferentes em nossa vida financeira. No último domingo falamos sobre o que fazer como seu primeiro salário. Se você estiver neste momento, clique aqui e saiba mais.

Esta semana iremos falar sobre o planejamento financeiro pessoal para que você possa sair de férias, e não voltar endividado. Para que melhor, não é mesmo?

 

 

Como organizar as finanças

 

Uma coisa que venho falando desde que comecei este blog que é muito importante nos planejarmos para alcançarmos nossos sonhos. Leia na integra o que falo sobre planejamento das metas clicando aqui. Mas não é só planejar que nos ajuda a alcançar, planejar é 80% mas você precisa executar que equivale a 20% do seu sonho realizado. E assim chegaremos no topo, alcançaremos nossa meta. Mas tudo depende de organizar as finanças. Sem organização financeira continuaremos no mundo da fantasia, reclamando e sem nenhum investimento para o nosso futuro.

Mas vamos focar no nosso assunto de hoje?

O país só começa a produzir após o carnaval  e voltamos realmente à vida real, isto é: trabalhar – pagar contas – trabalhar – e reclamar da vida! Vamos sair deste ciclo! Seja a mudança que você quer. O primeiro passo é organizar o orçamento doméstico. Não tem mistério para fazer isto:

1º) Coloque no papel, anote numa agenda tudo que você paga por mês! Não esqueça de nada! Se não tiver uma agenda, clique aqui e adquira uma que poderá te ajudar muito. Planeje sua vida financeira, para quando sair da linha, você saber onde foi que houve alteração do plano inicial.

2º) Responda uma coisa: sua despesa é maior que sua receita?

Em caso positivo, vamos arregaçar as mangas e mudar este cenário! Quais são os gastos que mais consomem seu orçamento?

( ) Cartão de crédito    ( ) Cheque especial  ( ) taxas bancárias  ( ) contas de consumo ( ) outras

Na próxima semana iremos escrever sobre as dívidas, não deixem de acompanhar!

Antes de pensar nas férias, mãos a obra! Elimine suas dividas! Faça com que seu salário seja suficiente para pagar as contas do mês.

Depois deste passo inicial, programe as próximas férias.

1º) Decida um destino e faça o planejamento financeiro familiar incluindo os custos com esta viagem.

P.S: Antes de mais nada: a internet veio nos ajudar, e com ela podemos reduzir muito os custos com uma viagem. Não vá a agências de viagem, muito menos compre em sites como decolar, submarino… vá direto a fonte! Se tiver dificuldade em montar seu próprio roteiro, adquira o e-book que te ensinará a montar seu primeiro roteiro e com isto você terá autonomia em todas as suas férias.

Você tem 11 meses para organizar tudo: Então mãos a obra, responda aos questionamentos básicos abaixo:

1º) Qual será o destino? Nacional ou Internacional?

Tem passaporte?  Não! Corra atrás emita o passaporte. Já elimine este custo! E faça praticamente tudo online pelo site da Policia Federal!

Se sua escolha for a Disney, veja este Guia que poderá te ajudar muito a economizar com esta opção.

2º) Vai de carro ou avião?

Faça a seguinte comparação de custo:

Carro:

Quantos Km terá que dirigir? Qual o custo com combustível?

Qual a situação das estradas por onde terá que passar?

Quanto custará a revisão do carro?

Por quais locais passará? Irá pernoitar? Qual o custo dos hotéis ao longo da estrada?

Avião:

Quanto custa a passagem aérea? (Para todas as pessoas)

Quanto irá custar a bagagem?

Tem locais que decidimos que o custo x benefício do avião é bem melhor.

Fez a escolha? Junte o dinheiro e pague sua viagem. Mas os preços mudam? Sobem ou descem como qualquer outra coisa, num espaço de tempo menor. Acompanhe as promoções. Elas existem de verdade!

3º) Hospedagem – hotel ou casa de temporada? 

Em qualquer um dos casos, pesquise inúmeros sites. Conheço muito o Trip Advisor,  e já me falaram sobre o Airbnb. Tem opções de hotel e de aluguel para temporada. O que irá influenciar no local é você saber escolher, e ler todos os comentários é claro. Converse com o dono do local que escolheu. Pague à vista uma parte, e junte para pagar o restante, faça de conta que é uma dívida e vai guardando o valor para viajar sem ter gastos inesperados.

4º) Vai fazer seguro viagem?

Na minha humilde opinião, é uma economia boba. Viajar sem seguro, é contar que não haverá nenhum imprevisto. Existem inúmeras seguradoras no país, vejam a cobertura hem? Tem que cobrir os imprevistos que você está prevendo!

5º) Veja os passeio no seu destino, programe-os. Saiba os valores. Como eu disse: faça uma reserva financeira para esta viagem especifica. Tenha o recurso antes de receber o dinheiro das suas férias.

6º) Programe toda a alimentação sua e da sua família. Lembre o que gostam. Faça o controle de finanças diárias durante sua viagem.

A maior parte do tempo será para planejar as férias (montar roteiro e ver todos os detalhes listados acima). A execução será em fazer uma reserva financeira e pagar antes toda a sua viagem.

Tudo isto você terá feito no decorrer do ano, com calma, e com foco no objetivo. Agora vamos avaliar outra informação:

VOCÊ NÃO TEM SALÁRIO QUANDO RETORNA DAS FÉRIAS.

É uma realidade. Você não irá receber pelo mês não trabalhado, mesmo que você tenha a sensação de que está trabalhando sem receber e de que é uma injustiça. Você está redondamente enganado. Você não trabalhou, não receberá! Simples assim!

Então saiu de férias:

  • Pague suas contas fixas de 02 meses consecutivos;
  • Não use o cartão de crédito. Você não terá dinheiro para pagar;
  • Reserve um valor para emergências (remédios, combustível, compras)
  • Nem preciso dizer que cheque especial 02 meses em aberto te deixará no fundo do poço, né?

Quer mais dicas?

Fique de olho no meu blog!

Quer sugerir um tema? Quer dicas de como melhorar seu relacionamento com o dinheiro?

Escreva para: consultoriafinanceira@nadiaferraz.com

Leiam outros artigos de minha autoria:

Consultoria Financeira

Como planejar e alcançar metas

Comece seu planejamento financeiro

Como planejar suas metas (com exemplo prático)

Como fazer análise Swot pessoal

Dicas para mudar sua mentalidade financeira

Como organizar o tempo para equilibrar vida pessoal e profissional

Como organizar as finanças – Parte I (Primeiro Salário)

 

 

 

 

 

 

Autor: Nádia Ferraz

Sou formada em Gestão Hoteleira pelo IFG-GO e pós graduada em Controladoria, Auditoria e Finanças pela FGV. Trabalhei com finanças nos últimos 10 anos, e tenho orgulho de tudo que fiz para que a empresa se mantivesse no mercado no período de crise. Aprendi a organizar finanças tendo como base sonhos de curto prazo, e obtive sucesso, realizando todos eles. Nunca fui escrava do dinheiro, mas uso como trampolim para a realização dos meus objetivos. Eu corro riscos calculados! Planejo exatamente tudo que preciso fazer e coloco todos os problemas - sendo que os problemas não me fazem desistir, mas pensar em soluções para cada situação que puder ocorrer. Este projeto eu comecei para ajudar as pessoas na parte de educação financeira sem falar de balanços, dre's ou outros termos técnicos que muitos insistem em usar. Eu quero mostrar apenas que com planejamento é possível você mudar o seu mundo. Não mude o mundo inteiro, mas se você mudar o seu, você irá incentivar outra pessoa a mudar. e aos poucos iremos criar uma sociedade menos consumista e com um futuro que não dependa da Previdência, não é mesmo?

Um pensamento em “Como organizar as finanças – Parte II”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *