O que um trader procura na sua tela?

Spread the love

 

O que um trader procura na sua tela?

 

Estratégia do trader

 

O que um trader procura na sua tela?
5 (100%) 1 vote

Um trader olha a tela do seu computador a procura de que exatamente?

Principalmente: como podemos saber o que devemos olhar para começarmos nesta carreira?

Inicialmente vamos começar com um exemplo diário: quando vamos jogar videogame, não temos o intuito de ganhar? Mas para ganharmos precisamos saber o que procurar, o que fazer, estou certa? Logo, para chegar a final precisamos saber o caminho certo, e eventualmente tirar algum obstáculo do caminho. Quem joga pela primeira vez não costuma entender as regras, e  às vezes perde. Mas conforme ele vai aperfeiçoando, ele começa a ganhar. E com isto, ele vai atrás de novos jogos (desafios).

E o trader?

Em primeiro lugar não é muito diferente do jogo de videogame: você precisa entender o mercado (videogame) para começar a ganhar.

O processo de especulação no mercado é bastante simples: se você comprar mais barato do que vendeu: lucro. Se vender mais caro do que comprou: lucro. Quando entramos no mercado com pouco conhecimento, cada vez que olhamos todos os indicadores que cabem na  tela, ficamos sem  entender direito o que eles significam.

Como você espera ser lucrativo no longo prazo, olhando pra um indicador que você nem sabe o que ele quer dizer?

E o Vitor Mendes da Universidade do Trader nos diz o seguinte: “Ah se eu tivesse me feito essa pergunta antes… Eu também tinha esse costume quando entrei no mercado: de querer olhar tudo e acabava não enxergando nada.”

E então, vamos buscar a resposta para a pergunta inicial do nosso artigo:

O que um trader deve procurar em sua tela?

E eu não estou falando de respostas do tipo “o preço vai subir ou vai cair?”. Mas o que realmente está por trás das milhares de negociações? As vezes fazem o preço se movimentar em um momento, e no outro estagnar. Ao ir atrás dessa resposta podemos perceber que o preço de um ativo qualquer é simplesmente a opinião de TODOS os que negociam este ativo baseado nas expectativas futuras. Então o preço não está interligado com a economia real, mas sim com o que os players  do mercado pensam sobre a economia real.

Imagine que o dólar é negociado por apenas 5 participantes que possuem a mesma importância no mercado. Se 3 quiserem comprar, 1 quiser vender e 1 estiver indeciso o preço naturalmente tende a se deslocar pra cima. Quando essas forças são iguais, o preço fica de lado e etc.

Na vida real o ativo é negociado por mais de 5 pessoas que farão de tudo para  ganhar. Então é preciso confiar nas suas habilidades e conhecimento acerca deste mercado.

Enfim, parte da rotina de um trader é identificar este consenso de opiniões. E arriscar no lado em que a priori parece ter mais força para movimentar o preço. No meio de todo aquele caos, com muita volatilidade, blefes nas intenções e todos os players competindo entre si, é preciso manter a calma pra chegar à resposta da pergunta que vale um milhão de reais: “Qual é o consenso de valor deste ativo ?”

E conforme iniciamos este artigo: é um grande jogo, no qual você precisa entender a jogada certa para ganhar. No mercado a jogada vem com vários jogadores competindo entre si. E, frequentemente, para você ganhar é preciso conhecer bem  o jogo.

E por qual motivo você ainda está fora deste jogo?

Então, não deixe de entrar em contato com a Universidade do Trader. E aprender  mais sobre este universo  contagiante.

 

Texto escrito em parceria com:

Vitor Mendes (Universidade do Trader)

Autor: Nádia Ferraz

Sou formada em Gestão Hoteleira pelo IFG-GO e pós graduada em Controladoria, Auditoria e Finanças pela FGV. Trabalhei com finanças nos últimos 10 anos, e tenho orgulho de tudo que fiz para que a empresa se mantivesse no mercado no período de crise. Aprendi a organizar finanças tendo como base sonhos de curto prazo, e obtive sucesso, realizando todos eles. Nunca fui escrava do dinheiro, mas uso como trampolim para a realização dos meus objetivos. Eu corro riscos calculados! Planejo exatamente tudo que preciso fazer e coloco todos os problemas - sendo que os problemas não me fazem desistir, mas pensar em soluções para cada situação que puder ocorrer. Este projeto eu comecei para ajudar as pessoas na parte de educação financeira sem falar de balanços, dre's ou outros termos técnicos que muitos insistem em usar. Eu quero mostrar apenas que com planejamento é possível você mudar o seu mundo. Não mude o mundo inteiro, mas se você mudar o seu, você irá incentivar outra pessoa a mudar. e aos poucos iremos criar uma sociedade menos consumista e com um futuro que não dependa da Previdência, não é mesmo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *