Como organizar o tempo para equilibrar vida pessoal e profissional

 

COMO ORGANIZAR O TEMPO PARA EQUILIBRAR VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL

 

“Quando cometemos erros, não podemos voltar o relógio e tentar novamente. Tudo que podemos fazer é usar muito bem o presente.” (Dalai Lama)

Como organizar o tempo para equilibrar vida pessoal e profissional
5 (100%) 1 vote

Organizar o tempo é o que chamamos no mundo corporativo de administrar o tempo. É a sua capacidade de organizar sua rotina para otimizar o trabalho e aumentar a produtividade. E a nossa proposta aqui é usar isto na nossa vida pessoal. Será que temos como aplicar este conceito na nossa vida pessoal?

 

As pessoas trabalham em excesso na atualidade, e reclamam muito de três coisas basicamente:

Falta de tempo

Falta de dinheiro

Excesso de cansaço

 

Agora imaginem que o rapaz da foto tem esposa e filho. E quando chega em casa o filho contente diz:

– Pai, vamos passear no final de semana?

O pai que já está esgotado, responde ao filho de forma grotesca:

– Não percebe que estou cansado e não tenho tempo para estas bobagens.

No exemplo citado acima você pode perceber que a falta de tempo está consumindo um bem precioso: a família. 

Vamos imaginar agora a cena abaixo:

Seu chefe chegou pedindo um relatório detalhado sobre o desempenho da empresa  para apresentar numa reunião de acionistas. Ele lhe deu um prazo de 30 dias para a entrega. No decorrer do prazo surgiram inúmeros pedidos para fazer uma coisa aqui, outra ali, além das suas atividades normais. E assim chegou o dia anterior à entrega do relatório…

E neste dia você realmente se dedica ao relatório, e acaba seu expediente, e para a entrega terá que fazer hora extra (custo para a empresa), e precisa avisar em casa:

– Amor, hoje terei que trabalhar até mais tarde.

– Mais tinhamos combinado de sair com nossos amigos.

– Eu sei! Mas não teremos como ir, infelizmente tem muita coisa para ser feita, e não tenho horas para chegar.

– Mas isto tem ocorrido nas últimas semanas, será que seu chefe não libera hoje.

– A empresa não me valoriza, tenho prazos e precisamos pagar as contas.

Você chega em casa esgotado, sua família já está dormindo, e precisa levantar cedo para apresentar o relatório. Ao entregar, seu chefe recebe, lê tudo e diz:

– Mas não foi isto que eu pedi. Está faltando informações disto e daquilo. E te chama atenção por ter lhe confiado uma tarefa de extrema importância, no qual não foi feita conforme solicitado.

No exemplo acima percebe-se que a profissional procrastinou uma tarefa importante, sacrificou seu relacionamento, e foi considerado pela empresa como ineficiente.

Quando não administramos o nosso tempo não temos contato com a nossa família, as pessoas crescem, fazem planos, evoluem, e quando você percebe já se tornou um verdadeiro estranho dentro da sua própria casa. Além disto, o seu lado profissional também é afetado. Responda sinceramente estas perguntas para você mesmo:

  • Que tipo de profissional você é? 
  • Você vive apagando incêndios? 
  • Você procrastina as suas tarefas?

Para administrar o tempo na sua vida pessoal é preciso que você não empurre o tempo na sua vida corporativa. Se tem prazo para entregar algo, planeje a execução para revisar e entregar antes do prazo. Um trabalho bem feito conta pontos, te valoriza, e você consegue passar um tempo precioso com a sua família, seus amigos, com você mesmo.

Procure dividir seu tempo da seguinte forma:

  • Tempo para seu trabalho
  • Tempo para sua carreira (para chegar onde você quer)
  • Tempo para sua família/amigos
  • Tempo para você mesmo.
Vocês acham que esta pessoa organiza bem o seu tempo?

 

Segue abaixo algumas dicas para que você possa começar a organizar melhor seu tempo:

1º) Compre uma agenda e anote tudo que precisa fazer no decorrer da semana. Não esqueça de que precisará dividir seu tempo da forma como foi explicado acima. Comece aos poucos, mas comece!

 

 

2º) Faça pelo menos 01 refeição/dia com a sua família. Sem interferências (televisão, celular, jogos). Converse entre vocês, sem criticas, apenas para se conhecerem. Façam isto em casa, e com certeza irão economizar com restaurantes, e outros gastos. E ganharão o prazer de conhecer as pessoas que convivem com você.

3º) Procure fazer alguma atividade com seu companheiro, escolham algo que ambos gostem. Não é porque vocês trabalham muito, que vocês precisam perder um ao outro. Dinheiro é importante, mas na falta dele, o companheirismo que vocês criaram fará toda a diferença para resolver os problemas.

 

 

4º) Tenha um hobby! Algo seu e de mais ninguém! O meu é ler, e na falta de recurso monetário, eu comecei a pegar livros na biblioteca. Se o seu custa caro, descubra como pode fazer para compensar, sempre existe uma forma de manter o hobby.

5º) Cuide da sua saúde! Diga não ao sedentarismo, pratique atividade física. Mas escolha algo que você se apaixone, comece e não queira parar. Você irá economizar em remédios!

 

 

6º) Dedique parte do seu tempo para seus projetos, seus sonhos. Sabe aquele que ficou engavetado? Pois é, faça com que ele aconteça. Cada sonho realizado, é uma conquista.

 

 

Por mais que o dinheiro traga conforto, caso você não equilibre sua vida pessoal com o seu trabalho, você irá se tornar uma pessoa:

  • Indisposta
  • Vítima (Oh vida, oh céus)
  • Rabugenta
  • Distante/fria
  • Isolada
  • Doente

O problema não está no seu trabalho, está em você! A famosa frase “Eu visto a camisa da empresa” – é linda! Mas quando é que você veste a sua camisa? Enquanto você está no trabalho, dedique-se ao trabalho. Mas quando estiver fora dele, dedique-se a você, sua família e seus amigos. Coloque limite dentro do seu trabalho, não sacrifique sua vida pessoal.

Não pensem que é fácil! Para criar hábitos precisamos de disciplina para mudar nossa rotina, mas pensem nos benefícios que a mudança trará. E com a mudança você poderá economizar ou traçar um projeto que possa aumentar sua renda. Mudando nossa mentalidade, saberemos como tratar melhor nossas finanças, saberemos se realmente precisamos comprar algo, e estaremos preparados para os imprevistos.

Leiam outros artigos de minha autoria:

Consultoria Financeira

Como planejar e alcançar metas

Comece seu planejamento financeiro

Como planejar suas metas (com exemplo prático)

Como fazer análise Swot pessoal

Dicas para mudar sua mentalidade financeira

Autor: Nádia Ferraz

Sou formada em Gestão Hoteleira pelo IFG-GO e pós graduada em Controladoria, Auditoria e Finanças pela FGV. Trabalhei com finanças nos últimos 10 anos, e tenho orgulho de tudo que fiz para que a empresa se mantivesse no mercado no período de crise. Aprendi a organizar finanças tendo como base sonhos de curto prazo, e obtive sucesso, realizando todos eles. Nunca fui escrava do dinheiro, mas uso como trampolim para a realização dos meus objetivos. Eu corro riscos calculados! Planejo exatamente tudo que preciso fazer e coloco todos os problemas - sendo que os problemas não me fazem desistir, mas pensar em soluções para cada situação que puder ocorrer. Este projeto eu comecei para ajudar as pessoas na parte de educação financeira sem falar de balanços, dre's ou outros termos técnicos que muitos insistem em usar. Eu quero mostrar apenas que com planejamento é possível você mudar o seu mundo. Não mude o mundo inteiro, mas se você mudar o seu, você irá incentivar outra pessoa a mudar. e aos poucos iremos criar uma sociedade menos consumista e com um futuro que não dependa da Previdência, não é mesmo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *