Investimentos para Perfil Conservador

Spread the love

 

Meu perfil é conservador, como começo a investir?

 

Investimentos para Perfil Conservador
5 (100%) 1 vote

 

Perfil Conservador

 

O que quer dizer o Perfil Conservador?

Inicialmente explico que o perfil conservador  tem aversão ao risco, logo não faz nada que possa comprometer seu patrimônio. Sobretudo, faz investimentos de curto ou médio prazo, e busca por alta liquidez, isto é, quando ele precisar do dinheiro, ele irá retirar seja para emergências ou necessidades materiais. Primordialmente o conservador era conhecido por guardar dinheiro embaixo do colchão, posteriormente evoluiu para o “porquinho”, e atualmente estão na poupança.

O que são os investimentos conservadores?

Em suma: são aqueles que atendem a necessidade do público  acima. Eventualmente, não têm um rendimento expressivo como poderemos encontrar nos outros perfis, mas o que o diferencia é a segurança que ele transmite por serem considerados de baixo risco e alta liquidez.

 

Mas vamos nos atentar a outro detalhe: mesmo que seu perfil não seja conservador é bom ter em sua carteira investimentos que sejam conservadores para que haja a famosa diversificação de investimentos.

No entanto não pense que é conversa de vendedor, se todos os sites pedem para diversificar, será que são todos querendo te enrolar? Em principio, a  diversificação se faz necessária para que você como investidor tenha seu capital investido em vários tipos de investimentos, pois se um apresentar uma perda financeira, seu patrimônio não será totalmente comprometido. Logo, a diversificação significa segurança para o investidor.

Sob o mesmo ponto de vista  é bom lembrar que investimento conservador  têm alta liquidez, e neste caso podemos usar para diversos objetivos de curto e médio prazo. Sabe aquele imprevisto no qual é bom ter uma reserva de emergência? Se quiser saber como se organizar para prever os imprevistos, leia o artigo na integra clicando aqui. Em resumo, os investimentos conservadores são indicados para investimentos de curto prazo, tais como: trocar o carro; viajar com a família; uma grande festa; a faculdade…

Mas isto não quer dizer que você não possa investir no longo prazo, tendo em vista que quem tem o perfil extremamente conservador, deverá manter este tipo de investimento para curto, médio ou longo prazo. Porém nada impede ao investidor mudar seu perfil, buscando conhecimento acerca dos investimentos.  Então, quanto mais o investidor agrega conhecimento, menos medo ele tem dos investimentos, e do mesmo modo ele ganha com isto segurança para investir em novos terrenos.

De acordo com este raciocínio, o que faz um investimento ser muito arriscado é a falta de conhecimento, então tenha sede pelo saber cada vez mais. Não se deixe levar pela maioria, estude com afinco, saiba onde você se sentirá mais seguro e leia tudo sobre o investimento escolhido. Mesmo que seu perfil seja conservador, não se iluda seguindo a maré, saiba o que é bom para você.

Investimentos Conservadores

CDB

Você empresta dinheiro ao banco. Logo, o banco empresta seu dinheiro ao correntista. Frequentemente é o dinheiro usado no cheque especial, empréstimos bancários…

Tem as seguintes características:

  • Sofre incidência do IR
  • Investimento Inicial: R$ 150,00 à R$ 1.000,00
  • Alguns têm liquidez diária
  • Não têm taxa de administração e nem taxa de performance

LCI/LCA

Você empresta dinheiro ao banco. Logo, o banco empresta seu dinheiro ao correntista. Frequentemente é o dinheiro usado no financiamento habitacional, no financiamento do agronegócio.

Tem as seguintes características:

  • Não sofre incidência do IR
  • Investimento Inicial: R$ 10.000,00
  • Não tem liquidez diária
  • Baixo Risco

LC

É o investimento no qual você empresta dinheiro para que as financeiras possam simultaneamente emprestar dinheiro aos seus clientes.

Tem as seguintes características:

  • Sofre incidência do IR
  • Investimento Inicial: R$ 2.000,00
  • Não tem liquidez diária
  • Baixo Risco
  • Carência: 1 ano (antes disto você não pode retirar o dinheiro)

Tesouro Direto

É o investimento no qual você empresta dinheiro para o Governo Federal.

Tem as seguintes características:

  • Sofre incidência do IR
  • Investimento Inicial: R$ 30,00 (depende do título)
  • Tem liquidez diária
  • Baixo Risco
  • Em tese não há carência, mesmo que o papel informe a existência, você pode revender o mesmo
  • Tem taxa de custódia

Fundos de Renda Fixa (Referenciado)

É o investimento no qual você contrata uma administradora para buscar investimentos em que no mínimo 80% do recurso seja destinado aos investimentos acima citados.

Tem as seguintes características:

  • Sofre incidência do IR
  • Investimento Inicial: R$ 500,00
  • Tem liquidez diária
  • Baixo Risco
  • Diversificação de investimentos
  • Alta taxa de administração e performance
  • Come-cotas
  • Gestão Profissional

O ideal é que estude todos os investimentos citados detalhadamente, e busque diversas fontes, vários pontos de vista, para que assim não tenha somente a opinião extremamente otimista de um lado.  Sempre avalie que tudo tem dois lados, para todos os investimentos há vantagens e desvantagens. Logo, faça um quadro geral e comece a investir. Inicialmente posso indicar alguns sites que leio bastante, como Infomoney; Suno Research, London Capital

Logo antes de escolher façam cálculos de ganho liquido. O que isto quer dizer: quanto realmente você irá ganhar após descontar todas as taxas e impostos. Então não tenha preguiça de tirar um tempo para avaliar, afinal é o seu dinheiro, e queremos fazer com que ele renda, então é necessário que você cuide bem do seu dinheiro para subir cada degrau rumo ao seu objetivo.

E o próximo artigo será sobre o CDB! Não deixe de me acompanhar!

 

Até mais, 

Nádia Ferraz

Autor: Nádia Ferraz

Sou formada em Gestão Hoteleira pelo IFG-GO e pós graduada em Controladoria, Auditoria e Finanças pela FGV. Trabalhei com finanças nos últimos 10 anos, e tenho orgulho de tudo que fiz para que a empresa se mantivesse no mercado no período de crise. Aprendi a organizar finanças tendo como base sonhos de curto prazo, e obtive sucesso, realizando todos eles. Nunca fui escrava do dinheiro, mas uso como trampolim para a realização dos meus objetivos. Eu corro riscos calculados! Planejo exatamente tudo que preciso fazer e coloco todos os problemas - sendo que os problemas não me fazem desistir, mas pensar em soluções para cada situação que puder ocorrer. Este projeto eu comecei para ajudar as pessoas na parte de educação financeira sem falar de balanços, dre's ou outros termos técnicos que muitos insistem em usar. Eu quero mostrar apenas que com planejamento é possível você mudar o seu mundo. Não mude o mundo inteiro, mas se você mudar o seu, você irá incentivar outra pessoa a mudar. e aos poucos iremos criar uma sociedade menos consumista e com um futuro que não dependa da Previdência, não é mesmo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *